fbpx
logo exp brcriativus v3 svg 9

Saiba como fazer um benchmarking

improvement potential excellence diagram graphic concept 1

Receba nossos conteúdos por e-mail

Cadastre-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos por e-mail assim que um artigo é publicado.

Quando se trata do mundo dos negócios é preciso buscar inovações e melhorias constantes dentro da empresa, pois os tempos de transformação digital têm sido imensos. Por isso, o benchmarking é fundamental.

Do que se trata o benchmarking?

Trata-se de um processo estratégico onde a concorrência é amplamente estudada, a fim de identificar as melhores práticas usadas por empresas de salgados de festa, e cujas ações aplicadas podem ser transferidas para um negócio próprio.

Nesse processo, por meio de pesquisas, todos os aspectos empresariais são analisados, como seus produtos e serviços, com o objetivo de reduzir custos, aumentar a produtividade e ampliar os lucros.

O ritmo do mercado também é estudado e com isso é possível identificar os aspectos a serem melhorados, para que se possa alcançar vantagens e benefícios e esse processo sempre deve ser aplicado em negócios de usinagem de motores.

O benchmarking pode ser realizado com empresas do mesmo setor ou de segmentos diferentes, mas com ações que, ao final, trazem ótimos insights.

Ao entender como os concorrentes estão trabalhando, seus pontos altos de atuação podem ser identificados, pois ele facilita a percepção de falhas que prejudicam o negócio, trazendo dados e informações concretos.

Daí a tradução de benchmarking: “ponto de referência”. Ou seja, não é realizar todas as coisas da mesma maneira que os outros, mas verificar se não existem negligências em alguns aspectos da empresa de trocas de pneu.

Quais são os pontos de apoio do benchmarking?

O benchmarking dá uma visão importante de tudo o que está ocorrendo ao redor do setor empresarial, direcionando o foco para o próprio negócio, objetivando a expansão do conhecimento e das estratégias que devem ser aplicadas.

Para adotar corretamente essa técnica, é preciso tomar conhecimento dos três pontos de apoio, nos quais ele deve se basear, que são três:

Reciprocidade

A reciprocidade é um pilar muito importante no benchmarking, pois todos os dados e informações coletados podem ser compartilhados de modo cooperativo entre duas ou mais empresas, refletindo a realidade do negócio.

Para isso é essencial honestidade e transparência, senso de colaboração e confiança, no intuito de que as empresas de portas de enrolar tenham acesso a ideias que possam melhorar todas as partes envolvidas nessa técnica.

A intenção é o crescimento da empresa e não prejudicá-la. Por isso, todas as informações compartilhadas devem ser de modo confidencial.

Comparação

O pilar da comparação deve ser aplicado na estratégia interna, entre os setores da organização, ou para comparar uma determinada área do negócio de tratamentos a laser, com outros líderes do mesmo ramo de atuação, por exemplo.

Nada mais é que a autocrítica que as empresas devem fazer, para coletar dados de vendas, comparando com o desempenho de marketing, a fim de que esses dois setores sejam complementares.

É fato que toda empresa precisa trabalhar em equilíbrio, porque a atuação de um setor influencia no andamento do outro. Logo, os resultados do setor de habilitação de motos podem não estar bons por causa de outro setor.

Pode ocorrer que um desses setores esteja se destacando mais que outros, apresentando um bom desempenho. Nesse sentido, o benchmarking consegue analisar o déficit que ocorre entre os dois.

Adaptação

O objetivo do benchmarking não é copiar a atitude dos outros, mas conseguir por meio das análises e pesquisas fornecer material necessário que possa ser adaptado ao negócio de revestimentos em ACM.

Mesmo as empresas que atuam no mesmo ramo trabalham de forma diferentes, com suas características e particularidades.

Portanto, é importante considerar todas as singularidades e as necessidades do público, adaptando métodos e técnicas para atender às suas demandas.

Importância do benchmarking

Quando o volume de vendas de uma empresa está caminhando bem, conseguindo se manter forte no mercado, a ideia é que ela está fazendo tudo corretamente.

Porém, se for analisada uma outra do mesmo ramo, é possível perceber que ela poderia ter um desempenho melhor.

Por isso, o benchmarking é importante, ele traz uma visão mais ampliada, quando mostra por meio das pesquisas e análises, que a empresa de instalação do kit GNV 5 geração, pode sair da última posição, ficando à frente das outras.

No contexto de transformação digital, o benchmarking é ainda mais necessário, porque existem tantas ferramentas e softwares disponíveis, que torna-se imprescindível entender como os concorrentes estão agindo.

O benchmarking permite que a empresa faça uma análise de mercado e observe o modo de agir dos concorrentes, verificando os seguintes aspectos:

  • Como eles trabalham os produtos;
  • Quais as soluções oferecidas;
  • De que forma aplicam os processos;
  • Como ocorrem as rotinas.

Para entender melhor, o exemplo no setor de transporte entre duas empresas é bem elucidativo. Uma das empresas faz o controle manualmente, por meio de anotações, inserindo as informações em planilhas.

A segunda empresa já adotou um sistema integrado, onde todo o controle de estoque é feito automaticamente, e são muito poucas as informações inseridas manualmente, pois tudo fica centralizado no próprio sistema que libera as etapas seguintes.

Todos os colaboradores envolvidos acessam em tempo real ao que está acontecendo, otimizando o tempo, minimizando burocracias e trazendo mais agilidade para a área de transporte. Portanto, a segunda empresa tem um diferencial competitivo.

Ela está à frente, porque adota estratégias descomplicadas e o benchmarking tem por função analisar organizações em destaque no mercado, detectando a forma como elas estão trabalhando, mostrando se um negócio está ou não ficando atrás.

Benefícios do benchmarking

As pesquisas que o benchmarking realiza acarreta benefícios para a empresa, tais como os listados abaixo:

Melhoria de processos

Com o benchmarking, as empresas saem à frente buscando inovações para implementar melhorias nos processos internos.

Identificação de lacunas

Mesmo que os concorrentes contem com recursos, estratégias ou ferramentas que outras empresas ainda não conhecem, o benchmarking ajuda na identificação das lacunas que existem, fazendo toda a diferença na jornada do cliente.

As lacunas identificadas permitem que as empresas reforcem os aspectos falhos ou fracos, para que eles não se tornem negativos.

Criação de oportunidades

Com o benchmarking é possível criar novas oportunidades no modo de trabalhar, pois ao analisar as práticas dos concorrentes, a empresa pode explorar uma forma diferenciada no mercado.

Isso auxilia a ampliar a presença da empresa, para que ela consiga fechar negócios em tempo de crise, conquistando um público maior.

Aumento da produtividade

Por meio da identificação dos aspectos falhos, na intenção de implementar melhorias, a empresa tem aumento da produtividade, porque há uma otimização dos processos antigos. Isso corrige erros e as novas práticas ficam mais alinhadas ao mercado.

Competitividade

Ao descomplicar os processos internos, a empresa consegue promover uma redução de custos, contribuindo para o aumento da concorrência no preço. 

Se a produção gera um custo menor, isso vai impactar no valor do produto ou serviço final, tornando-o mais atrativo para o público.

Motivação da equipe

Usando o benchmarking, ele pode mostrar o desempenho de outras empresas do mesmo setor, e os colaboradores acabam percebendo que é possível alcançar metas maiores de forma descomplicada, mostrando até onde podem chegar.

Chegando mais longe, a equipe fica motivada no trabalho que realizam.

Quais são as classes de benchmarking?

Existem vários tipos de benchmarking, visto que essa estratégia pode atingir diferentes aspectos e objetivos.

Ela pode ser aplicada de formas diferentes, dependendo dos aspectos que a empresa deseja analisar. Os principais tipos são funcional, competitivo, genérico, colaborativo, e interno.

De que forma fazer um benchmarking?

Existem diferentes maneiras de aplicar essa estratégia na empresa, e algumas delas abrangem realizar pesquisa de campo, analisar a concorrência, monitorar as redes sociais, selecionar os principais concorrentes, e detectar os pontos fortes e fracos do negócio.

Quando adotar o benchmarking?

O benchmarking é uma estratégia que deve ser adotada constantemente, não só no momento de lançar um produto ou fazer uma campanha de marketing diferenciada.

Ela permite observar sempre o mercado, acompanhando as novas tendências, as inovações e as ações adotadas pelos concorrentes e deve ser usada também para explorar novos mercados.

Considerações finais

Portanto, o benchmarking auxilia as empresas a terem sucesso em seus negócios, podendo identificar as estratégias utilizadas pelos concorrentes, para que possam ser um modelo a ser aplicado em um negócio próprio.

Não se trata de copiar o modo de trabalho de outras empresas, mas de adequar o que está dando certo nos concorrentes, para guiar a melhor forma de trabalhar e chegar ao público ideal.

Com ele o caminho fica mais curto nas campanhas, por exemplo, fazendo com que o negócio obtenha melhores retornos financeiros, sempre que conseguir a conversão e fidelização dos clientes. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Links afiliados
Loja Integrada
RD Station
Onbley Servers – Hospedagem
Writesonic
Designi – Arquivos digitais p/ download
Agendor
Melhor Envio
WorkLeads

Ultimas publicações

Otimização de taxa de conversão: Maximizando resultados

Otimização de taxa de conversão: Maximizando resultados

A otimização de taxa de conversão (CRO) é uma estratégia fundamental para o sucesso online.  Portanto, ela envolve a melhoria…
Marketing de Produto: do Desenvolvimento à Promoção

Marketing de Produto: do Desenvolvimento à Promoção

O marketing de produto é uma parte essencial de qualquer empreendimento, independentemente de ser uma empresa de aluguel de gerador,…
Estratégias de Marketing para Pequenos Empreendedores

Estratégias de Marketing para Pequenos Empreendedores

Neste post, abordaremos estratégias de marketing para pequenos empreendedores que desejam expandir seus negócios de forma eficaz.  Compreender o público-alvo,…
plugins premium WordPress